Pontos Turísticos-Paraty

centro histórico

Centro Histórico

O Centro Histórico de Paraty conta com trinta e um quarteirões (antigamente havia trinta e três quarteirões) e quatro praças (Bandeira, Santa Rita, Matriz e Rosário). Ao contrário da maioria das cidades brasileiras, Paraty foi uma cidade planejada. Há muito tempo atrás engenheiros militares portugueses – que tinham ciência da vocação portuária da cidade e da sua necessidade de defesa – pensara em tudo. Planejaram como seriam as ruas e onde ficariam as igrejas, praças, cadeia, câmara, fortes e as áreas residenciais. Seguiram o padrão das cidades portuguesas da época, quando o desenvolvimento dos polos residenciais era balizado conforme a localização das igrejas. Para prevenir a invasão das marés, as casas foram construídas acima do nível da rua. É considerado como “o conjunto arquitetônico colonial mais harmonioso” pela UNESCO e foi tombado como Patrimônio Nacional pelo IPHAN, além de ser candidata ao título de Patrimônio da Humanidade. Esses casarões coloniais hoje dão lugar a comércios como lojas, ateliers, pousadas e restaurantes. Trata-se de um destino o qual, turistas e locais aproveitam para passear, curtir, comer e comprar.

vila de trindade

Vila de Trindade

A Vila de Trindade está localizada é um dos destinos mais importantes do município de Paraty, no estado do Rio de Janeiro. Trata-se basicamente de uma vila de pescadores onde há belíssimas praias as quais atraem também o movimento turístico. Os principais tipos de comércios dali são dirigidos pelos próprios caiçaras que investem no artesanato e restaurantes com comidas típicas. Além disso, hoje Trindade já conta com várias pousadas de boa infraestrutura e áreas de camping. Uma parte de Trindade pertence ao Parque Nacional da Serra da Bocaina e é preservada pelo ICMBio. São 30 km até o trevo de Paraty, entre as atrações dr Trindade estão praias, piscina natural, trilhas, cachoeiras, feiras de artesanato e boa gastronomia. Além disso, Trindade é uma opção mais barata à Paraty. Para os turistas e visitantes que desejam economizar, acaba se tornando uma excelente opção. Afinal, há alguns quilômetros está o centro histórico da cidade, bem como diversas outras opções de lazer.

casa de cultura

Casa da Cultura

A bonita fachada do casarão que se debruça sobre a esquina chama a atenção de quem passa em frente à Casa da Cultura. Lá dentro, o espaço inaugurado em 2004 tem como destaque a exposição permanente, que reúne vídeos com depoimentos de nativos e admiradores de Paraty. A Casa oferece ainda uma programação regular de eventos gratuitos. Se estiver em Paraty numa quinta-feira, experimente a Quinta Justa, dia de shows musicais.

igreja-santa-rita-dos

Igreja de Santa Rita dos Pardos Libertos

Cartão-postal de Paraty, a igreja mais antiga da cidade foi erguida em 1722, de frente para o mar. A construção em pedra e cal retrata em sua fachada a suntuosidade do estilo barroco, com caprichados acabamentos em cantaria e em madeira.
O templo abriga o Museu de Arte Sacra, com diversificado acervo que reúne objetos e utilitários em ouro e prata, imagens de santos, mobiliário e peças de época. O espaço passou por reformas e foi reaberto em 2015. Entre as novidades, um equipamento multimídia com depoimentos de representantes de todas as religiões professadas no município e em três idiomas (português, inglês e espanhol). E ainda tem os candelabros, que iluminavam capelas e igrejas quando não havia energia elétrica na cidade; e um anjinho que fica na janela da Igreja de Santa Rita – ele bate a cabeça em agradecimento ao receber moedinhas dos passantes.

igreja nossa senhora dos remedios
Igreja Matriz de Nossa Senhora dos Remédios

Antiga capela que deu origem ao povoado de Paraty, a matriz foi construída em 1873. Em estilo neoclássico, chama atenção pela sobriedade e imponência das torres. Além do altar-mor, onde está a imagem da padroeira da cidade, abriga outros quatro pequenos altares e duas capelas.

igreja nossa senhora das dores

Igreja de Nossa Senhora das Dores

Erguida de frente para o mar em 1800, mantém características simples mesmo depois de uma grande reforma em 1901.

igreja nossa senhora do rosario

Igreja de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito

Construída pelos escravos em 1725, era usada pelos negros durante seus cultos. Totalmente restaurada, é uma das mais visitadas de Paraty.

praia do jabaquara

Praia do Jabaquara

A Praia do Jabaquara é a maior da região central de Paraty, por estar muito próxima aos pontos comerciais e turísticos, acaba sendo uma das mais visitadas da cidade. Por ali há várias opções de pousadas e restaurantes. Trata-se de uma praia com águas calmas e areias claras, onde venta constantemente. O centro histórico fica a 1,5 quilômetros da propriedade e a melhor forma de chegar até lá é através de um carro ou automóvel. Em tupi-guarani o nome é Yab-a-quar-a, que significa rocha e buraco. Esse nome foi dado devido à Toca do Cassununga, uma gruta localizada 200 metros após a praia. É um local indicado para ir com as famílias, principalmente com crianças já que quase não possui ondas. Além disso, é ótima para velejar ou andar de pedalinho. A orla é um excelente local para caminhar ou passear de bicicleta, já que possui uma ciclovia seguindo a linha do mar. Outros esportes que costumam ser praticados são o windsurf, canoagem e caiaques.

praia do pontal

Praia do Pontal

A Praia do Pontal é a praia do centro de Paraty, onde há a maior concentração de turistas, comércios e atrações. Por ali você vai encontrar inúmeras opções de bares, quiosques, lojas de artesanato, restaurantes, padarias, farmácias, enfim tudo para suprir suas necessidades. Além disso, ali se concentram boa parte das opções de hospedagem de Paraty. Costuma ser a praia preferida justamente por oferecer essa comodidade e os turistas podem até esquecer o carro na garagem, saindo para passear a pé. Antigamente havia um estaleiro, e saem veleiros e barcos de passeio. Um ponto turístico próximo é o Forte Defensor Perpétuo, de onde se pode ter uma vista privilegiada da Baía de Paraty e do Centro Histórico. O mar da Praia do Pontal possui águas calmas e está envolto de areias brancas, claríssimas. Ao todo são 230 metros de extensão.

praia sao gonçalo

Praia São Gonçalo

A praia São Gonçalo está localizada em Paraty, no caminho em direção a Angra dos Reis. O acesso até lá pode ser alcançado carro ou de barco em vários pontos da praia. Está protegida por três ilhas (Pelada Grande, Pelada Pequena e Sururu) e possui um mar é calmo e seguro. Por ali há diversas opções de lazer. Para quem procura agitação, há inúmeras opções de bares agitados e quiosques badalados. Porém, também agrada quem procura tranquilidade, com seus mais diversos pontos calmos e com uma sombra agradável. Não vão faltar restaurantes para fazer a sua refeição por ali mesmo. A praia é extensa e há lugares para alugar caiaques, barcos ou ainda andar de banana boar. Também vale a pena andar até mais ao norte de Paraty, e através de uma pequena trilha a partir de São Gonçalo visitar a Praia de São Gonçalinhos, onde o mar é calmo, a paisagem linda e os frutos do mar são servidos frescos no quiosque.

piscina do cachadaço

Piscina do Cachadaço

A Piscina do Cachadaço é totalmente natural e protegida por enormes pedras vulcânicas. Está localizada na Vila de Trindade, uma das regiões mais bonitas de Paraty. Para chegar lá, o turista ou visitante deve seguir sentido Praia do Meio até o riozinho e atravessar o rio. Depois, irá trilhar até lá a Praia do Cachadaço, no final terá outra trilha que levará direto ao ponto desejado. Ali será possível nadar entre pequenos peixes coloridos, para isso é estritamente recomentado o uso de equipamentos como snorkel e máscara. Suas águas são calmas, verdes, cristalinas e cercadas de pedras. A piscina é abastecida naturalmente pela água vem do mar e das montanhas. A caminhada até a Piscina do Cachadaço dura em média 1 hora por trilha, mas você pode optar por ir de barco. Alguns nativos oferecem esse tipo de serviço a barco para a volta.

cachoeira do bananal

Cachoeira do Bananal

A Cachoeira do Bananal está localizada em Paratu, na estrada Paraty-Cunha e a 6 km da entrada da cidade. Trata-se de uma queda d’água de aproximadamente 15 metros a qual recebe muito a visita de moradores, turistas e visitantes que frequentam a cidade. No local o contato com a natureza faz prevalecer a sensação de se revigorar. A região que entorna a cachoeira é um espetáculo visual de intenso prazer. Ela recebeu esse nome por estar no interior da Fazenda do Bananal e pertence ao chamado Circuito das Águas. Já virou um ponto de referência e hoje faz parte do roteiro programado por diversas empresas de turismo ecológico. Mesmo estando há certa distância do centro comercial da região, com certeza é uma experiência que vale a pena ser vivida. Estima-se que a vazão de água seja de 0,43m³ de água por segundo.

parque serra da bocaiuva

Parque Serra da Boicana

O Parque Nacional da Serra da Bocaina está situado na divisa entre os estados do Rio de Janeiro e de São Paulo. É um segmento da Serra do Mar que tem 134 mil hectares. Cerca de 60% do parque se concentram no Rio de Janeiro, deste total 40% está em Paraty. Ali há diversos tipis de atrações turísticas naturais, como a Cachoeira Santo Isidro, a Cachoeira das Posses e a Cachoeira dos Veados. O ponto mais elevado do parque é o Pico do Tira o Chapéu, com 2.088 metros acima do nível do mar, ou seja, um dos lugares mais altos do Estado de São Paulo. Observar a fauna e a flora de expressiva biodiversidade é uma das atividades preferidas dos turistas que visitam a região. Em média, 60% da vegetação é composta por mata nativa (mata atlântica), e o restante de mata regenerada (secundária). As araucárias, cedros, embaúbas, palmitos e bromélias desçam-se no meio da flora. Se sabe que meio a fauna nativa, ali vive espécies como onça-pintada, suçuarana, preguiça de coleira, sagui da serra escuro, e inúmeras aves que dão espaço ao birdwatching.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Cachoeira de Iririguaçu

Possui dois saltos, com alturas de 4 m e 2 m respectivamente, com águas claras, transparentes e frias. Excelente para banhos, tanto nas piscinas como nas duchas naturais existentes. Próximo e acima da cachoeira existem três grandes piscinas naturais, com profundidade em torno de 2m.

cachoeira pedra branca

Cachoeira da Pedra Branca

Possui dois saltos de 5 m de altura, com águas transparentes e frias, propícias para banhos. O rio é cercado por vegetação densa de pequeno e médio porte e suas águas deslizam sobre lajes de pedra que formam pequenas piscinas e duchas naturais.

cacchoeira do taquari

Cachoeira Pedra Lisa/Taquari

Localizada em trecho de rio com corredeiras, não se caracteriza pelas quedas d&rsquoágua, mas pela formação de várias piscinas, escorregas e duchas naturais. Suas águas límpidas, transparentes e frias são ótimas para banhos. A trilha de acesso até a cachoeira representa, por si, um atrativo à parte.

cachoeira-do-toboga

Cachoeira do Tobogã

A cachoeira é formada por uma imensa pedra, por onde a aguá desliza, formando um excelente Tobogã, ótimo para se deslizar até uma pequena piscina natural de fundo de areia e pequenas pedras.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Cachoeira da Usina

Local com grande quantidade de pequenas rochas. Além de pequenas quedas d’água, há tambem uma bela piscina natural, com área aproximada de 80m. Suas águas são transparentes e frias, em tom amarelado, devido às areias escuras do fundo do rio. Excelente local para banhos, pois além da piscina, há escorregas e duchas naturais. Próximo à cachoeira há uma pequena ilha na parte central do leito do rio.

poço das lages

Poço das Lajes

Localizada a 300m próxima ao Poço das Andorinhas, no local foi construido uma pequena barragem, que formou uma pequena piscina natural, cercada por imensas pedras, seu fundo é de areia. Subindo o rio, pelas pedras, é possivel alcançar o Poço das Andorinhas.

cachoeira-poco-das-andorinhas (1)

Poço das Andorinhas

Caracteriza-se por dois grandes boulders dispostos sobre o leito do rio, com um estreito espaço entre eles, por onde jorram as águas que formam um salto de aproximadamente 3,5 m. Suas águas são claras, transparentes e frias, ótimas para banhos. No local existe um poço grande e fundo, e uma ducha natural. Alguns metros abaixo do poço, encontra-se um escorrega natural, muito procurado pelos visitantes.

 

 

 
Fontes: http://www.roteirodeturismo.com.br/
http://www.feriasbrasil.com.br/
http://www.guiadepraias.com.br/

Copyright © GUIA DA ESTRADA REAL - O seu guia de bolso