História de Paraty

Paraty
Em meados do ano de 1600 foi fundado o primeiro povoado de Paraty em torno da Igreja de São Roque. Após 40 anos os índios que viviam no outro lado do rio(Hoje o centro Histórico) foram expulsos e assim o povoado foi crescendo e no século XIX passou a ser muito importante para a economia nacional, pois chegou a ser o segundo principal porto do Brasil e de onde saia o ouro das Minas Gerais para Portugal. Durante essa época, vários Casarões começaram a ser construídos.
Com o fim do ciclo do ouro a cidade se manteve graças a produção da cachaça, considerada uma das melhores do pais.
Algum tempo depois o porto de Paraty voltou ter bom movimento pois o café vindo do Vale do Paraíba era embarcado no município com destino a Portugal.
A maior crise do município foi na época da abolição da escravatura no ano de 1888, pois o município perdeu o movimento em seu porto e a população que era de aproximadamente 16.000 habitantes caiu para menos de mil.
Praticamente esquecida a cidade começou a se recuperar com a construção da Rodovia Rio Santos, que liga os dois principais centros econômicos do Brasil. Isso aumentou o movimento na cidade e melhorou muito o acesso. Com isso o turismo começou a aparecer tanto pelas belezas naturais do local quanto por sua arquitetura em estilo colonial preservado. Hoje o município é visitado por turistas de todo o mundo.
No ano de 1966 a cidade foi reconhecida como Monumento Nacional.

Fonte: http://www.paratyparati.com.br/

Copyright © GUIA DA ESTRADA REAL - O seu guia de bolso