História de Itutinga

itutinga_interna

Itutinga é um município brasileiro no interior do estado de Minas Gerais, Região Sudeste do país. Pertence à Mesorregião do Campo das Vertentes e Microrregião de Lavras e localiza-se a sul da capital do estado, distando desta cerca de 260 km.[8] Ocupa uma área de 372,508 km², sendo que 0,3 km² estão em perímetro urbano,[9] e sua população em 2013 era de 3 976 habitantes, sendo então o 721º mais populoso do estado mineiro.

A sede tem uma temperatura média anual de 19,3 °C e na vegetação original do município predomina a mata atlântica. Com 70% da população vivendo na zona urbana,a cidade contava, em 2009, com dois estabelecimentos de saúde.O seu Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é de 0,727, classificado como alto em relação ao estado.

O povoamento do município teve início no final do século XVIII, com a vinda de bandeirantes que conquistaram o espaço dos indígenas à procura de ouro e outros metais preciosos. As terras férteis incentivaram a implantação da agricultura e, mais tarde, da pecuária. Em 1880 cria-se o distrito, que emancipou-se na década de 1950.

O principal atrativo do município é o conjunto formado pelas usinas hidrelétricas de Itutinga e de Camargos, que fornecem espaço à prática de esportes e passeios de barco, além das cachoeiras propícias a banhos e manifestações culturais, como o artesanato, o Carnaval de Itutinga e a Festa de Santo Antônio, padroeiro municipal.

Até o século XVI, a região do atual município de Itutinga era ocupada predominantemente pelos índios puris.[16] O desbravamento da área, no entanto, teve início no final do século XVIII, quando chegam ao local bandeirantes que conquistaram o espaço dos indígenas à procura de ouro e outros metais preciosos. As terras férteis incentivaram a implantação da agricultura e, mais tarde, da pecuária, dando início ao povoamento. A construção da capelinha do lugar, em 1794, erguida sob a invocação de Santo Antônio, marca a fundação do Arraial de Santo Antônio da Ponte Nova.

Dado o desenvolvimento econômico e demográfico, pela lei provincial nº 2.702, de 30 de novembro de 1880, é criado o distrito de Santo Antônio da Ponte Nova, subordinado a Lavras. Pela lei estadual nº 860, de 9 de setembro de 1924, o distrito recebe o nome de Itutinga, termo de origem tupi que significa “cachoeira branca”, através da junção dos termos ytu (“cachoeira”)e ting (“branco”).Pelo decreto-lei estadual nº 1058, de 31 de dezembro de 1943, o distrito passa a pertencer ao município de Itumirim, mas veio a emancipar-se pela lei estadual nº 1039, de 12 de dezembro de 1953, instalando-se em 1º de janeiro de 1954.

 

 

Fonte: Wikipédia

Copyright © GUIA DA ESTRADA REAL - O seu guia de bolso