História de Cruzeiro

cruzeiro

Cruzeiro é um município brasileiro da Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte, no estado de São Paulo, no cone leste paulista. As coordenadas geográficas do município são 22º34’38” sul e 44º57’30” oeste.
Sede da 4ª sub-região da Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte, a população da sub-região de Cruzeiro no ano de 2013 é de mais de 140.000 habitantes
Possui uma área de 304,572 km². Sua população em 2010 era de 77.000 habitantes (Censo 2010); a densidade demográfica era, então, de 252,81 hab/km².
Cruzeiro nasceu da ferrovia que ligava três estados (São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro), ferrovia esta que era importante para o escoamento da produção de café no século XIX.
O município se desenvolveu as beiras da estrada de ferro, onde depois cresceu com a chegada de migrantes mineiros e paulistas interessados no crescimento do município.
Um importante marco histórico do município, foi o de ser o último município a se render na Revolução Constitucionalista de 1932, onde foi assinado o seu armistício, no dia 2 de Outubro de 1932, na atual escola Arnolfo Azevedo (na época transformada em quartel-general das tropas paulistas), localizada na região central da cidade.
Este município teve grande importância durante a revolução, pois estava na divisa com o estado mineiro, divisa esta que era marcada pelo Túnel da Mantiqueira, onde foram travadas importantes batalhas entre as tropas federais e constitucionalistas.
Em 2008 a cidade de Cruzeiro recebeu através da lei estadual 13.203 o honroso título honorífico de “Capital da Revolução Constitucionalista de 1932” em virtude desses marcantes episódios do conflito ocorridos no município, dentre os quais a assinatura do termo de cessação da Revolução.

 

 

Fonte: Wikipédia

Copyright © GUIA DA ESTRADA REAL - O seu guia de bolso